No final dos anos 50, Alberto, um jovem professor do liceu é colocado em Évora, onde pretende iniciar-se como escritor. Deixa-se seduzir por Sofia, uma das três filhas de um médico local. Nas aulas Alberto põe à prova os seus ensaios existenciais cativando um aluno, Carolino. Quando Sofia o troca inesperadamente por Carolino, Alberto sucumbe ao tumulto passional e ao extremismo das suas convicções. Trata-se de uma adaptação cinematográfica do romance homónimo de Vergílio Ferreira, obra seminal da literatura portuguesa do século XX.
Longa-metragem, 115 min., 2017 / Drama
Realização – FERNANDO VENDRELL
Argumento – JOÃO MILAGRE e FÁTIMA RIBEIRO
Música – EDUARDO RAON

Intérpretes (música): EDUARDO RAON e SARA SERPA
Imagem – MÁRIO CASTANHEIRA
Som – TIAGO RAPOSINHO
Montagem – JOÃO BRAZ
Misturas – TIAGO MATOS
Decoração – RUI ALVES
Guarda-roupa – PATRÍCIA DORIA
Cabelos – SANDRA MELEIRO
Maquilhagem – MÁRCIA LOURENÇO
Assistente de Realização – ÂNGELA SEQUEIRA
Produção Executiva – ANA FIGUEIRA
Produtores – FERNANDO VENDRELL e LUÍS ALVARÃES
Elenco:
JAIME FREITAS – Alberto/Vergílio
VICTORIA GUERRA – Sofia
JOÃO CACHOLA – Carolino
RITA MARTINS – Ana
RICARDO AIBÉO – Chico
DINIS GOMES – Alfredo
RUI MORISSON – Dr. Moura
TERESA MADRUGA – Madame
JOÃO LAGARTO – Reitor
INÊS TRINDADE – Cristina
JOÃO VAZ – Sr. Machado
ISAC GRAÇA – Manuel Pateta
CLÁUDIA LÁZARO – Lucrécia
FIGUEIRA CID – Bailote
Prémios:
Melhor Filme Português no 38º Fantasporto – Oporto International Film Festival
Back to Top